Manaus suspende vacinação contra Covid-19 para definir prioridades

 


A vacinação contra a Covid-19 em Manaus foi suspensa nesta quinta-feira 21, para um “replanejamento da campanha". Há uma ampla discussão sobre a definição dos critérios para definir quais profissionais de saúde e de quais unidades terão prioridade para receber as doses da Coronavac. Apenas os profissionais do Samu seguirão sendo imunizados. As informações são do portal G1.

As unidades de saúde pretendem enviar uma lista nominal dos profissionais, incluindo o setor onde cada um trabalha, para a Secretaria de Saúde de Manaus reorganizar a campanha de imunização. Espera-se que já nessa sexta-feira (22) a vacinação seja retomada.

Antes de tomar a decisão, as secretarias de saúde de Manaus e do Amazonas se reuniram com órgãos de controle como Ministério Público Estadual e Defensoria Pública da União para chegar a esse veredito.

Segundo o G1, a maioria dos participantes da reunião concluiu que devem ser priorizados os profissionais de saúde que trabalhem em unidades de alta complexidade, ou seja, com contato direto com pacientes com Covid-19, considerando ainda comorbidades e idade.

Outro ponto importante é que ficou definido que haverá garantia da segunda dose para os profissionais que já foram vacinados até esta quarta-feira, 20.

De acordo com a Prefeitura de Manaus, nos primeiros dois dias de vacinação na capital, 1.140 profissionais de saúde receberam a primeira dose da CoronaVac. A Prefeitura recebeu, ao todo, um total de 40.072 doses dessa primeira leva de vacinas distribuídas pelo país.

O Amazonas é um dos estados mais afetados pela pandemia do novo coronavírus no país. O estado registra mais de 238 mil casos e 6,5 mil óbitos por Covid-19. Recentemente, a capital e algumas cidades do interior vêm enfrentando um colapso no sistema de saúde com falta de oxigênio hospitalar e leitos para internação.

 

Postagem Anterior Próxima Postagem