Acre recebe novo lote de vacinas e Gladson diz que estado quer comprar 1 milhão de doses


 

A segunda remessa de vacinas contra a Covid chegou ao Acre ao meio-dia deste domingo, 24, transportada gratuitamente pela companhia Azul Linhas Aéreas. São 5.080 doses produzidas pelo laboratório britânico Astrazeneca, fabricada no Brasil pela Fiocruz. O governador Gladson Cameli e o secretário de saúde, Alysson Bestene, receberam o lote de medicamentos no pátio do aeroporto de Rio Branco, de onde a carga seguiu escoltada pela Polícia Federal e pelo Grupo Especial de Fronteira (Gefron) até o local onde vai ficar armazenada para distribuição.

Vamos agora montar a logística para distribuição e encaminhar para os municípios a quantidade conforme a orientação do Ministério da Saúde. Aqui em Rio Branco vamos dar continuidade à imunização a partir desta segunda-feira, 25”, garante.

Fiscalização para evitar irregularidades

O governador esclareceu que o Acre montou um rígido sistema de controle para evitar irregularidades na distribuição das doses, como ocorreu em outros estados. O Ministério Público, segundo ele, tem amplo e total acesso a esse sistema. Gladson afirmou que não vai tolerar que pessoas que não estão na lista das prioridades sejam contempladas agora com a vacina.

“Não foi o governador quem impôs essa regra, foi o governo federal e o Ministério da Saúde, e nós vamos seguir a risca. A fiscalização, a presença dos órgãos de controle vai garantir esta transparência. Eu sei que todos querem. Eu peço que as pessoas tenham paciência, porque vai chegar a vez de todos. Não vamos perder a esperança que eu vou até o último momento na busca pelas doses para imunizar todo os acreanos”, diz Cameli.

Por Agência de Notícias do Acre

Postagem Anterior Próxima Postagem