Leo de Brito se reúne com conselheiros federais e reafirma apoio para as pautas da enfermagem


 O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) visitou na nesta terça-feira (8) a sede do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), em Brasília, a convite do conselheiro Adailton Cruz, que também é presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre e foi eleito vereador no pleito deste ano.


O parlamentar foi recebido pelo presidente Nacional do Cofen, Manoel Carlos e participou de reunião com conselheiros federais de todo o país, que relataram demandas urgentes da categoria que tramitam na Câmara Federal, entre elas os projetos de lei que regulamentam a jornada de 30 horas, e o piso salarial para os profissionais da enfermagem, a lei do descanso e do dimensionamento.


Leo de Brito agradeceu o convite do conselheiro Adailton Cruz e reafirmou o compromisso do seu mandato com as pautas da enfermagem, destacando a valorização dos profissionais e a estruturação da saúde pública.

“Coloco meu mandato a disposição não somente para defender, mas para ser o elo da enfermagem com a Câmara Federal, vou buscar agilizar e destravar essas pautas tão importantes e justas para a enfermagem brasileira”, disse Leo de Brito.


Para o conselheiro federal do Cofen, Adailton Cruz, a parceria e o apoio de um parlamentar federal é de extrema importância para a categoria.


“Nós do Acre nos sentimos órfãos de parlamentares que defendam e abracem a causa da enfermagem, temos muitas pautas no Congresso Nacional, mas precisamos de apoio para que sejam votadas e aprovadas, e o deputado Leo se colocou a inteira disposição para nos ajudar, só temos a agradecer”, disse o conselheiro.


Reconhecimento aos profissionais da enfermagem

 


Durante sua fala diante dos conselheiros do Cofen, o deputado fez questão de saudar e fazer um reconhecimento público a todos os profissionais da enfermagem pelos relevantes serviços prestados à saúde, evidenciados durante a pandemia.


“Espero que ao final de tudo isso, a população possa reconhecer a importância desses profissionais, sobretudo os da enfermagem, que são os mais expostos e os que mais tem sofrido com a Covid-19, infelizmente muitos perderam a vida para salvar as nossas, todo respeito e consideração a esses profissionais”, finalizou Leo de Brito.

Postagem Anterior Próxima Postagem