Avaliação negativa do STF sobe de 29% para 35%, mostra PoderData


 Foto: Sérgio Lima/Poder 360

Os que avaliam o trabalho do STF (Supremo Tribunal Federal) como “ruim/péssimo” passaram de 29%, em outubro, para 35% em dezembro. Os números são de pesquisa PoderData.

Eram 48% os que diziam que a atuação da Corte era “regular”. Agora, são 44%. As avaliações “ótimo/bom” passaram de 20% para 16%. Nos 2 casos, a oscilação ficou no limite da margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais. Isso significa que é muito provável que o movimento detectado pela pesquisa esteja certo, mas não é possível cravar.

A evolução de “ruim/péssimo” superou a margem de erro, por isso é seguro dizer que essa avaliação ganhou espaço.

Postagem Anterior Próxima Postagem