Eleitores de MT também votarão para senador no dia 15 de novembro


 

No dia 15 de novembro, data do primeiro turno das Eleições Municipais de 2020, os eleitores de Mato Grosso irão às urnas para eleger também mais um representante do estado no Senado Federal. O pleito suplementar para o Senado seria realizado em 26 de abril, mas foi adiado em virtude da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

A vaga em disputa decorre da cassação, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do mandato da ex-senadora Selma Arruda (Podemos), e de seus dois suplentes, por caixa dois e abuso do poder econômico na campanha de 2018.

A eleição suplementar em Mato Grosso definirá o terceiro representante do estado no Senado. Interinamente, a vaga é ocupada por Carlos Fávaro (PSD), terceiro candidato mais votado em 2018. Como a eleição oferecia duas vagas, o segundo colocado, Jayme Campos, exerce o mandato desde fevereiro de 2019.

Em razão do pleito extra, os eleitores do estado voltarão em três candidatos, que estarão dispostos na seguinte ordem na urna eletrônica: vereador, com cinco dígitos; prefeito, com dois dígitos; e senador, cujo número terá três dígitos.

Para consultar os candidatos da eleição suplementar para o Senado em Mato Grosso, acesse o sistema DivulgaCandContas.

RH/LC, DM

Postagem Anterior Próxima Postagem