CRM-AC denuncia exercício ilegal da medicina praticado por clínica terapêutica em Senador Guiomard

Após receber nova denúncia, o Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) voltou a notificar o Ministério Público do Estado, nesta segunda-feira (9), sobre o exercício ilegal da medicina praticado por uma clínica terapêutica na cidade de Senador Guiomard, no interior do Estado. A notícia crime já havia sido enviada ao MP-AC em novembro de 2018.

Desta vez, o CRM enviou um novo ofício ao órgão reiterando a denúncia e pedindo que sejam tomadas as devidas providências para responsabilização dos autores, assim como as medidas que o órgão julgar cabíveis para evitar a continuação da atividade que coloca em risco a saúde pública.

Conforme a denúncia, a clínica Espaço Terapêutico – Viver Mais pratica um procedimento denominado “Avaliação Terapêutica de Bioressonância Magnética”, onde conclui diagnóstico ginecológico, função renal, pulso do coração e do cérebro, função pulmonar, sistema nervoso, entre outros. Os procedimentos, que fazem parte de atos privativos da medicina, no entanto, são feitos por profissionais não médicos.

No documento, o CRM destaca que a atuação da clínica, realizando procedimento de análise clínica, sem o acompanhamento de um médico, coloca em risco a saúde pública, além disso, infringe as normas dos atos privativos do médico.


Postagem Anterior Próxima Postagem