Ciro, Moro, Huck e Maia se movimentam para driblar polarização Bolsonaro x PT em 2022

 


Foto: Arquivo O Globo


A menos de uma semana do primeiro turno das eleições municipais, que começarão a desenhar o xadrez das alianças para 2022, nomes cotados como possíveis presidenciáveis daqui a dois anos, como o apresentador Luciano Huck e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), fizeram movimentos para tentar driblar a polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o PT, do ex-presidente Lula. 

Após ter seu encontro com o ex-juiz Sergio Moro revelado no fim de semana, Huck esteve num almoço no Rio de Janeiro com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O apresentador foi um dos nomes sugeridos por Moro, em entrevista ao GLOBO, como bons candidatos de centro para a próxima disputa presidencial.

Postagem Anterior Próxima Postagem