Vacina Coronavac: PCdoB entra com ação no STF contra Bolsonaro


 

O PCdoB acionou o Supremo Tribunal Federal (STF)  através de uma Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) contra o presidente Jair Bolsonaro. De acordo com a ação, Bolsonaro descumpre direitos fundamentais previstos na Constituição Federal ao desautorizar o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello de proceder a compra, já anunciada, de doses da vacina Coronavac, parceria entre a China e o Instituto Butantã, conhecido por sua competência.

De acordo com a líder do PCdoB na Câmara, deputada Perpétua Almeida (AC), o presidente usa de artifícios ideológicos contra a China, maior parceira comercial do Brasil. Salienta no entanto, que em agosto deste ano Bolsonaro editou a MP 994, liberando quase R$ 2 bilhões em créditos para parcerias com vacinas de outros países, até mais atrasadas nos testes que a Coronavac.

“O presidente mostra seu descaso pela vida. Ele não tem o direito de negar a população o acesso a nenhuma vacina que pode prevenir uma doença que já tirou a vida de mais de 150 mil brasileiros” – disse Perpétua Almeida.

Postagem Anterior Próxima Postagem