Fux marca análise de afastamento de Chico Rodrigues para 21 de outubro

 


O ministro Luiz Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, nesta 6ª feira (16.out.2020) pautar a análise da ordem de afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), do mandato, por 90 dias. O caso será levado ao plenário da Corte, no dia 21 de outubro.

A ordem de afastamento foi definida pelo ministro Luís Roberto Barroso, na 4ª feira (14.out), quando o senador foi alvo de uma operação policial que apura desvio de dinheiro da Secretaria de Saúde de Roraima. O congressista é suspeito de participar da suposta fraude.

Na última sexta feira, Barroso decidiu pedir a Fux que levasse a decisão para ser analisada pelos demais ministros, embora reconheça que não precisaria ser referendado pelos colegas para dar andamento ao caso. Apesar disso, mesmo que a Corte considere o afastamento válido, Rodrigues só perderá o mandato temporariamente se o Senado aprovar.

Postagem Anterior Próxima Postagem