DEIXADOS PARA TRÁS: Mais uma vez os servidores da Saúde são esquecidos

 

                                       Jean Lúnier - presidente em exercício do SINTESAC


Por: ASCOM/SINTESAC

 

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre - SINTESAC, vem a público lamentar mais uma demonstração de descaso com os profissionais de saúde.

 

Durante as últimas duas décadas, os servidores da saúde vêm sofrendo o desprezo daqueles que assumem o Governo Estadual.

 

Com salários cada vez mais achatados, estes profissionais se veem obrigados a cumprirem uma carga horária exaustiva para conseguirem melhorar um pouco a péssima remuneração que recebem, o que naturalmente reflete na qualidade do atendimento.

 

Com a falta de equipamentos e o déficit de pessoal para cobrir a escala, a população fica à mercê da própria sorte e, desassistidos, muitos morrem à espera de uma assistência deficitária.

 

Mas nem mesmo a Pandemia, que escancarou a péssima rede de assistência à saúde do Estado, fez o Governo do Acre ter um olhar diferenciado para esses profissionais que, mais do que quaisquer outros, arriscaram suas vidas enquanto o Estado orientava a todos que ficassem em casa.


Toda categoria precisa ser tratada com atenção pelos gestores públicos, mas os servidores da saúde merecem o devido reconhecimento, o que tem se revelado apenas no discurso.

Postagem Anterior Próxima Postagem