Chico Rodrigues, pego com dinheiro na cueca, deixa a vice-líderança do governo no Senado

 


Ainda pela manhã desta quinta-feira 15, integrantes do governo de Jair Bolsonaro afirmaram que Chico Rodrigues (DEM-RR) seria convidado a  deixar  o posto de vice-líder do Senado. A avaliação que ministros fizeram para o presidente é que ficou impossível mantê-lo no posto após a apreensão realizada pela Polícia Federal em sua casa, em Roraima. Os policiais encontraram cerca de R$ 30 mil no local, sendo que parte do dinheiro estava escondida dentro de sua cueca, até mesmo entre as nádegas do parlamentar.

O Senador Chico Rodrigues, como era previsto, deixou o posto de vice-líder do Governo no Senado ainda no final da manhã de hoje.

Rodrigues, alvo de operação da Polícia Federal nesta quarta-feira, 14, em Boa Vista (RR), escondeu dinheiro na cueca durante a abordagem dos policiais. A investigação, sob sigilo, apura desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia de covid-19, oriundos de emendas parlamentares. A ordem de busca e apreensão foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

 

 

Postagem Anterior Próxima Postagem