Cães e gatos podem ser infectados pelo coronavírus, mas não desenvolvem a doença

 


Um estudo publicado na revista científica americana PNAS concluiu que cães e gatos podem ser infectados pelo novo coronavírus, mas não desenvolvem a doença.

 

Os pesquisadores descobriram também que a reposta imune desenvolvida pelos gatos é capaz de protegê-los contra uma reinfecção. Isso, segundo eles, pode ser útil para o desenvolvimento de vacinas tanto para animais quanto para humanos.

 

Descobriu-se ainda que os cães não são capazes de transmitir o vírus a outros cachorros, enquanto os gatos podem passar a infecção para seus semelhantes. Contudo, é improvável que os pets sejam uma fonte significativa de transmissão para humanos.

Postagem Anterior Próxima Postagem