Anvisa autoriza importação de 6 milhões de doses da CoronaVac

 


A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou nesta sexta-feira 23, a importação de 6 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus fabricada pela Sinovac.

As doses terão de ficar reservadas, já que o produto ainda não tem registro no país e não pode ser utilizado na população. O imunizante da fabricante chinesa ainda está na 3ª fase de testes.

Em nota, a Anvisa informou que atendeu a um pedido do Instituto Butantan. A organização declarou que a importação antecipada garantiria ao Brasil 1 quantitativo que o fabricante se dispõe a “reservar”.

A agência sanitária também destaca que tão logo o Butantan vença pendências de segurança na fabricação, a Anvisa executará os trâmites para decisão dentro da maior agilidade possível.

Até dezembro, a expectativa do Butantan é produzir 40 milhões de doses com a matéria-prima adquirida da Sinovac.

Postagem Anterior Próxima Postagem