QUANDO A IMPRENSA SE VENDE!!!


Jornalismo tem que ser sério, ético, e não servir de forma torpe aos CAPRICHOS POLITIQUEIROS, onde de forma lamentável "alguns órgãos de imprensa" se sujeitam a “calar a boca” em TROCA DE DINHEIRO, abrindo mão de divulgar a verdade para os seus leitores e a população em geral, é vergonhoso demais.

Porém, é público e notório, que certos Órgãos de Imprensa,  como BLOGS, SITES e JORNAIS, estão claramente a serviço de “Políticos”, que pagam alto para que se faça “promoção pessoal” da imagem dos mesmos, mas o leitor não é bobo, ele sabe e acompanha tudo, sabendo perfeitamente quando tentam lhe enganar.
Um dos truques mais comuns nas POLITICALHAS,  praticadas por “Políticos” que só sabem fazer a política tradicional nos extremos das grandes periferias, são as conhecidas “matérias pagas”, e com  a chegada dás ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE 2020 para Prefeitos e Vereadores, o tal expediente se intensifica.

O fato negativo não fica somente por parte dos POLÍTICOS, pois eles só “sabem praticar política dessa forma”, mas também fica por parte da IMPRENSA, usada como uma arma inescrupulosa de alienação de massa”, ou seja, PAGOU PUBLICOU, os principais Jornais, Sites e Blogs, dentre outros tipos de mídia estão em sua grande maioria, a favor de poderosos Políticos, basta ver como se comportavam antes do pleito começar e, como se comportam agora.
Quantas matérias compradas, encomendadas, quantas matérias pesadas publicavam contra POLÍTICOS DESONESTOS antes e, agora vivem apoiando os mesmos com as matérias “LIGHTS e GENEROSAS”.

O que se vê nesses últimos tempos, semanas ou até meses, é uma parcela da IMPRENSA SE VENDENDO a que preço não se sabe, “mas que estão se vendendo nas manchetes e textos não existem dúvidas”.

IMPRENSA VERDADEIRA, que NÃO SE VENDE, consiste em estar sempre ao lado do Povo, expondo as trapaças dos Políticos e Poderosos, bem como também a precariedade dos Serviços Públicos.

O verdadeiro JORNALISMO DE VERDADE, acontece quando se publica “aquilo que alguém não quer que se publique”, pois a verdadeira Liberdade de Imprensa numa “democracia”, não abrange somente as opiniões inofensivas ou favoráveis, mas também aquelas que possam causar transtornos ou inquietações.




Postagem Anterior Próxima Postagem