Oxford e AstraZeneca anunciam retomada de testes da vacina contra covid-19

 Segundo a empresa, autoridade sanitária do Reino Unido atestou ser seguro continuar a pesquisa farmacêutica 


AstraZeneca anunciou neste sábado 12, a retomada no Reino Unido dos ensaios clínicos da vacina contra o novo coronavírus que vem desenvolvendo com a Universidade de Oxford.

Os testes haviam sido suspensos no último dia 8 após um voluntário do Reino Unido ter sofrido reação adversa que poderia estar ligada à imunização. Na ocasião, a empresa não divulgou detalhes sobre o caso — mas uma reportagem do The New York Times afirmou tratar-se de uma mielite transversa, síndrome inflamatória que afeta a medula espinhal.

Em um comunicado divulgado neste sábado, a companhia afirma que a Autoridade Sanitária do Reino Unido (MHRA na sigla em inglês) teria atestado ser seguro continuar os experimentos.

Desde que eles foram interrrompidos, comitês independentes e agências reguladoras internacionais vinham investigando os dados de segurança da pesquisa. O comitê que avaliava a situação no Reino Unido, segundo a empresa, concluiu a análise e recomendou ao MHRA que desse aval à retomada dos trabalhos.

O comunicado diz ainda que a AstraZeneca e a Universidade de Oxford não podem divulgar outros detalhes médicos.

BBC News Brasil

 

Postagem Anterior Próxima Postagem