Cerimônia de Troca da Bandeira abre a Semana da Pátria


Brasília - A Cerimônia de Troca da Bandeira abre, neste domingo 06, as comemorações da Semana da Pátria no Distrito Federal. A ideia é promover a ressignificação do tradicional evento e o fortalecimento do sentimento pátrio dentro da promoção de Brasília como destino do turismo cívico. 

A troca contará com apresentações virtuais da Banda da Marinha e da Orquestra Sinfônica Brasileira. A transmissão começa às 10h nas redes sociais da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF).

O Comandante do Grupamento dos Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil, Capitão de Mar e Guerra Vannei de Almeida Silva Júnior, participará da cerimônia e da Live Tour que será feita na sequência, juntamente com o guia turístico Lúcio Montiel, nos principais pontos turísticos cívicos do Eixo Monumental.

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, lembrou o resgate da cerimônia dentro do calendário do turismo cívico de Brasília e destacou a necessidade de dar continuidade à cerimônia, mesmo que de forma virtual, durante a pandemia. “Por natureza, Brasília é a capital do turismo cívico. Desde o início da nossa gestão estruturamos o projeto com parcerias e ações efetivas com vários órgãos do GDF, secretarias de Estado, Governo Federal, Sesc, Senac e com a iniciativa privada”, afirma. “Ao longo desse período, por meio da Cerimônia de Troca da Bandeira, o primeiro domingo de todo mês passou a ser uma manhã repleta de ações, com a participação da população, de estudantes de todo o Brasil e com shows das Regiões Administrativas”, destacou.

Ações

No Dia da Independência, na segunda-feira, acontece o lançamento de uma exposição virtual no Instagram da Setur-DF, na qual serão postadas fotos da construção de Brasília. A intenção é fazer as publicações como se naquela época houvesse a rede social e assim tivessem sido publicadas.

Toda a programação do Setembro Cívico, além de promover o turismo, é repleta de homenagens ao aniversário de Juscelino Kubitschek e o reconhecimento aos seus feitos - o presidente dos anos dourados que promoveu a interiorização do Brasil e tornou a população brasileira além de urbana, próspera com o seu perfil desenvolvimentista.




Postagem Anterior Próxima Postagem