Temer se diz honrado e vai chefiar missão do Brasil de ajuda ao Líbano

O ex-presidente da República, Michel Temer, vai chefiar a missão de ajuda humanitária brasileira ao Líbano, atingido por uma explosão em sua capital, Beirute, na semana passada.
O convite foi feito hoje (9) pelo presidente Jair Bolsonaro, durante conferência com outros líderes mundiais organizada pelo presidente francês Emmanuel Macron.

Em nota, Temer, que é filho de libanês,  disse estar honrado com o convite. Segundo ele, assim que for publicado no Diário Oficial da União, "serão tomadas as providências necessárias para viabilizar a tarefa". 
Postagem Anterior Próxima Postagem