SINTESAC pede por segurança pública para os trabalhadores da UBS no bairro Preventório que temem por suas vidas e que não aguentam mais de tantos assaltos


Por: Enarde Fernandes – ASCOM/SINTESAC

Na tarde ontem (13), o presidente em exercício do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (SINTESAC), Jean Lúnie, juntamente com outros diretores do sindicato, foram até a Unidade Básica de Saúde (UBS), Maria Verônica Rodrigues de Souza no Bairro Preventório, a chamado dos servidores daquela unidade, que clamam por segurança pública e que não aguentam mais de tantos assaltos.

Recentemente os trabalhadores em saúde da UBS Maria Verônica, viveram momentos de terror onde sofreram mais um assalto, desta vez com dois assaltantes armados com arma de fogo, onde levaram bens materiais como alianças, brincos, celulares e cordões dos funcionários e de todos os pacientes que ali estavam em busca de atendimento médico.

Aureliano dos Santos que é enfermeiro da UBS disse que, essa não é primeira vez que os funcionários e pacientes sofrem assalto e que os criminosos já arrombaram e roubaram objetos e medicamentos diversas vezes.

“Graças a Deus eu me livrei de viver esse momento de pânico, na hora do assalto eu estava atendendo uma gestante na minha sala, e nesse momento eles estavam agindo aqui na frente (recepção), eles não adentraram nos corredores e nem nas outras salas, mas infelizmente os colegas tiveram seus bens roubados, a gente se preocupa e teme por nossa vida”, enfatizou Aureliano.

Lúnier pede atenção dos órgãos públicos principalmente da polícia militar que aumente a ronda não só no bairro, mas também na UBS Maria Verônica. “Foram feitos diverso BO (Boletins de ocorrência) e até agora a Secretaria Municipal de Saúde não tomou nenhuma providência, e pedimos que a secretária juntamente com a prefeita venha olhar com atenção para esses trabalhadores”, disse.


Assista ao vídeo em nosso canal no YouTube e saiba mais: https://youtu.be/PLqfoAcWARQ

Postagem Anterior Próxima Postagem