Sintesac pede pela prorrogação do auxílio emergencial temporário para os profissionais em saúde durante pandemia


Por: Enarde Fernandes – ASCOM/SINTESAC
Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (SINTESAC) juntamente com outros sindicatos da saúde se reuniram na tarde de ontem, 18, com o Secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, onde solicitaram a prorrogação do Auxílio Temporário de Emergência em Saúde (ATS) até dezembro deste ano, para os profissionais que estão na linha de frente do Coronavírus (COVID-19).
O último pagamento do auxílio aos trabalhadores em saúde foi neste mês de agosto e o estado ainda continua no combate ao COVID-19.
Aceitando o pedido dos sindicalistas, Alysson encaminhou um ofício para o Secretário de Estado da Casa Civil, José Ribamar Trindade, em que solicita a prorrogação do auxílio temporário aos trabalhadores em saúde, entendendo a necessidade da continuação do pagamento dos adicionais aos servidores públicos que se encontram no combate a propagação e prevenção do COVID-19, por igual período, do adicional de insalubridade e do ATS.
Durante o encontro teve participação do presidente em exercício do SINTESAC, Jean Lúnier, Rosa Nogueira, presidente do SPATE/AC e Jebson Medeiros, presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Acre.
SOBRE O AUXÍLIO TEMPORÁRIO
Foi publicado numa terça-feira, 26, de maio de 2020 no Diário Oficial do Estado do Acre, a lei que criou o Auxílio Temporário de Emergência em Saúde destinado a suprir os gastos excepcionais e emergenciais decorrentes da exposição excessiva de agentes públicos aos efeitos da pandemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19). A publicação foi aprovada em, 25 de maio de 2020, em sessão extraordinária da Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador do Acre, Gladson Cameli.




Postagem Anterior Próxima Postagem