NOTA DE APOIO E REPÚDIO


O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre - SINTESAC, vem público manifestar seu apoio e solidariedade irrestrito aos profissionais de Enfermagem que atuam na Atenção Primária, e são inequivocamente fundamentais na garantia de um dos mais importantes direitos constitucionais, a SAÚDE, por terem sido vítimas de uma declaração equivocada e desarrazoada de uma profissional médica, que baseada em conceitos pessoais e achismo, fez uma declaração que macula e injustiça toda a Enfermagem Brasileira, fato que repudiamos e exigimos retratação.

A médica  Marina De Angelis, em entrevista ap Jornal do AC, primeira edição, do dia 05/08/20, atribuiu aos profissionais de Enfermagem que atuam na Atenção Primária, a culpa pelo alto índice de mortalidade materna no Brasil.

Respeitamos e admiramos todos os médicos do nosso país e do nossa estado, temos consciência da importância e da significância de uma das profissões mais fundamentais do planeta, mas não podemos permitir que condutas individuais manchem a Enfermagem Brasileira, que é indiscutivelmente o pulmão da nossa saúde e a própria medicina.

Repudiamos veemente tal conduta  e registramos a nossa solidariedade a todos os profisssionais de Enfermagem que Atuam na Atenção Primária e exigimos respeito.

Jean Marcos Lunier
Presidente em Exercício

Postagem Anterior Próxima Postagem