Márcio Bittar e Jéssica Sales cobram soluções às frequentes quedas de sinal telefônico no Juruá ao ministro Fábio Faria



O Senador Márcio Bittar e a deputada Jéssica Sales  foram recebidos nesta quinta-feira 20, em audiência, pelo Ministro das Comunicações, Fábio Faria. Na ocasião, os parlamentares emedebistas levaram ao conhecimento do Ministério das Comunicações as péssimas condições de conectividade da telefonia móvel e da internet na região do Juruá e nos demais municípios do interior do Acre, e cobraram soluções para o problema.

De acordo com os parlamentares, a falta de conectividade é um problema gravíssimo no Vale do Juruá e nos demais municípios do interior do Estado. Jéssica e Bittar também colocaram a disposição do Ministério das Comunicações para tentar resolver essa situação e reivindicaram a chegada da banda larga aos municípios sem acesso ou com acesso precário à internet. 

“Temos a facilidade de conversar com o ex-colega de parlamento e agora ministro das Comunicações, Fábio Faria, para tratar desse problema gravíssimo. Esperamos que os problemas causados pela fibra óptica, que leva o sinal para o Juruá, possa finalmente ser solucionado pelo ministro” – disse Bittar.

A deputada Jéssica Sales fará parceria com o Ministério das Comunicações para levar, aonde for possível, internet via satélite às vilas, ramais e regiões ribeirinhas. “Vamos começar pelo projeto Santa Luzia, localizado em Cruzeiro do Sul. São mais de 20 mil habitantes naquela região e a muito tempo sonham com sinal de telefonia móvel e internet. Perguntei se era possível ao meu amigo e Ministro Fábio Faria, ele disse que se eu garantisse a emenda parlamentar seria sim. Se for por isso Fábio, o problema vai está resolvido “ – disse ela.

De acordo com o ministro Fábio Faria, o Ministério das Comunicações já tem disponível R$ 1,4 bilhões que serão investidos na região Norte, tanto para melhorar a conectividade como também para investimentos na radiodifusão.  “Tão logo passe essa pandemia estaremos levando conectividade para a região Norte, principalmente para os estados que  estão com menos conexões para a internet, como é o caso do Acre” – garantiu o ministro.

Postagem Anterior Próxima Postagem