Explosão no Líbano equivale a terremoto de magnitude 4,5, diz emissora de TV


(AP Photo/Hassan Ammar)
A explosão na região do porto de Beirute, capital do Líbano, que causou grandes estragos na cidade nesta terça-feira (4), equivale a um terremoto de grandes magnitudes na escala de Richter. As informações são da emissora de TV LBCI News.
De acordo com a emissora, o Observatório Sismológico da Jordânia registrou um tremor equivalente a 4,5 no Richter após a explosão em Beirute. A instituição é responsável por monitorar tremores de terra no país.
A escala Richter, também conhecida como escala de magnitude local, é utilizada para quantificar a magnitude de um sismo, ou seja, de um terremoto.
Para se ter ideia, o maior terremoto já registrado com base nessa medida aconteceu no Chile, em 1960, com magnitude de 9,5.
Informações iniciais do governo libanês estimam que ao menos 2,5 mil pessoas ficaram feridas com a explosão e há 40 mortos até o momento.
A explosão aconteceu próximo à região portuária, em uma área em que são armazenados fogos de artifício.
A principal suspeita até o momento é que a explosão foi causada por nitrato de sódio, como declarou o diretor geral da Inteligência Libanesa, Major General Ibrahim, ao canal LBCI.
Segundo jornal local, o nitrato de sódio deveria supostamente ter sido destruído, no entanto, ficou guardado.
O material químico foi confiscado de um barco há mais de um ano e foi armazenado em um local no porto. As informações são do canal LBCI.


Postagem Anterior Próxima Postagem