Alas rivais no PSL retornam diálogo com reaproximação de Bolsonaro



A reaproximação entre Jair Bolsonaro e o PSL deu gás a uma articulação interna entre os grupos rompidos. O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, incumbiu o deputado federal Felício Laterça (RJ) de ouvir os deputados bolsonaristas e tentar fechar as feridas abertas desde 2019.
Laterça foi escolhido por Bivar por ter se indisposto menos com o grupo de Carla Zambelli, Luiz Philippe de Orleans e Bragança, Bia Kicis, Daniel Silveira e companhia. Os principais nomes da chamada "ala bivarista", como os deputados federais Júnior Bozzella e Joice Hasselmann e o senador Major Olimpio, estão insatisfeitos com a reaproximação.
Eles foram os mais atacados pela militância bolsonarista após o rompimento de Bolsonaro.
Quase um ano após sua desfiliação, o presidente Jair Bolsonaro deu ontem um novo passo em direção ao PSL. A reaproximação foi a solução encontrada para garantir competitividade a seus aliados nas disputas municipais.
 Os planos de criar o Aliança pelo Brasil, porém, seguem no radar do presidente no longo prazo. O presidente destacou, em reunião com parlamentares bolsonaristas, que qualquer decisão precisa ser tomada com cautela e que não pode se precipitar. Fonte: O Globo



Postagem Anterior Próxima Postagem