Covid-19: Governo de SP define 5 outros estados para testar a vacina



A vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo, será testada em outros cinco estados brasileiros: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Distrito Federal. O anúncio foi feito pelo governador de São Paulo, João Doria nesta quarta-feira, 1.
A fase de testes clínicos da “Coronavac” envolverá a aplicação e acompanhamento clínico de 9 mil voluntários no Brasil, que ainda serão selecionados pelos 12 centros de pesquisa nesses estados. Os critérios para a escolha serão apresentados na próxima semana.
Na capital paulista, além do Instituto Butantan, os testes também serão realizados pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP; pelo Instituto de Emílio Ribas; e pelo Hospital Albert Einstein.
Já em outras regiões do estado, foram selecionados os centros do Hospital das Clínicas da Unicamp; a Universidade Municipal de São Caetano do Sul; a Faculdade de Medicina de São José Rio Preto e o Centro de Saúde Escola da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto.
Fora do estado, a testagem da vacina será realizada pela Universidade de Brasília (UnB); pelo Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro; no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos da Universidade Federal de Minas Gerais; no Hospital São Lucas da PUC do Rio Grande do Sul; e Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná.
A previsão para início dos testes no próximo mês, mas depende da autorização da Avisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Se der certo, a estimativa é que a vacina esteja disponível à população em junho de 2021.

Postagem Anterior Próxima Postagem