Supremo condena Paulinho da Força a 10 anos de prisão

Nenhum comentário

Foto: Sérgio Lima/Poder 360
O deputado Paulinho da força (SD-SP) foi condenado ontem (5) pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a 10 anos e 2 meses de prisão por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.
Caso a Suprema Corte determine o início imediato de cumprimento da pena, será em regime fechado.
Paulinho foi denunciado em 2012 por suposta prática de crime contra o Sistema Financeiro Nacional.
Segundo a acusação, o político desviou recursos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), em concurso material com crimes de lavagem de dinheiro. Paulinho teria cometido os crimes de dezembro de 2007 a abril de 2008.

Nenhum comentário

Postar um comentário