Rondônia e mais 6 Estados podem ficar sem repasse por regra da reforma da Previdência

Nenhum comentário

Sete unidades da Federação não fizeram reforma da Previdência nem ajustaram a alíquota de contribuição previdenciária de seus funcionários para ao menos 14% do salário. Por conta disso, podem ficar sem repasses voluntários da União.
O valor total desses repasses em 12 meses até abril foi  R$ 13,2 bilhões. Portaria feita depois da reforma da Previdência Federal determinou que Estados e municípios têm até 31 de julho para, pelo menos, atualizar a alíquota. Não atualizou, fica sem o repasse. O Poder360 apurou que o governo pretende estender o prazo.  A Secretaria de Previdência do Ministério da Economia não comentou essa informação.
Segundo a Secretaria, Minas Gerais, Distrito Federal, Rio Grande do Norte, Rondônia, Tocantins, Amapá e Roraima ainda não fizeram alteração das alíquotas. Reúnem 21% do funcionalismo estadual.

Nenhum comentário

Postar um comentário