PF mira prefeitos do AC suspeitos de superfaturar compras de remédios

Nenhum comentário

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira 3, a Operação Off-label para cumprir 60 mandados judiciais no Acre. Cinco prefeitos da região de Cruzeiro do Sul (AC) são alvos da ação, feita em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU).

A operação conta com cerca de cem policiais federais, sendo 70 de Brasília que viajaram para cumprir os mandados contra os prefeitos, servidores da administração pública e empresários. Há mandados também em Rio Branco, capital do Acre.

A investigação começou a partir de uma informação da CGU de que a empresa Biolar teria sido contratada pelo município em fevereiro de 2017 para fornecer medicamentos e insumos hospitalares, por meio de processo licitatório supostamente fraudado e com irregularidades.

Além disso, constatou-se que a empresa forneceu produtos sem licitação ao Cruzeiro do Sul, superfaturou mercadorias e deixou de entregar outras, apesar de ter recebido um pagamento de R$ 300 mil, correspondente a quase metade do valor estabelecido. Por R7

Nenhum comentário

Postar um comentário