Governador do Amazonas é alvo de operação da PF


Sandro Pereira/Fotoarena/Estadão Conteúdo 

Uma operação do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (30) oito mandados de prisão temporária, além de pedidos de buscas e apreensão em 14 endereços de pessoas ligadas ao governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC)

As medidas, que fazem parte da Operação Sangria, foram determinadas pelo ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), e incluem o bloqueio de bens no valor R$ 2,976 milhões, de 13 pessoas físicas e jurídicas.

A investigação apura a atuação de uma organização criminosa instalada no governo do Amazonas com o objetivo de desviar recursos públicos destinados ao combate à pandemia de covid-19.

Foram identificadas compras superfaturadas de respiradores, direcionamento na contratação de empresa, lavagem de dinheiro e montagem de processos para encobrir os crimes praticados. Todas as operações teriam a participação direta do governador Wilson Lima. Por R7


Postagem Anterior Próxima Postagem