Após Weintraub chegar aos EUA, governo publica exoneração de ex-ministro


O presidente Jair Bolsonaro publicou a exoneração de Abraham Weintraub do cargo de ministro da Educação. Ele saiu do Brasil na última sexta-feira 19, ainda com as prerrogativas de ministro de Estado, rumo aos Estados Unidos.
O MEC confirmou que o ex-ministro está nos EUA e acrescentou que ele foi de avião comercial em classe econômica. Ainda de acordo com o MEC, Abraham Weintraub deixou o Brasil na sexta-feira em voo que partiu de São Paulo. Em seu lugar, ficou, de forma interina, o secretário-executivo da pasta, Paulo Vogel.
Em seu discurso ao anunciar a saída do cargo, em um vídeo ao lado de Bolsonaro, Weintraub relatou insegurança diante de ameaças a ele e seus familiares. O ministro não comentou os motivos de sua demissão, mas informou que irá assumir um cargo no Banco Mundial, em Washington, nos Estados Unidos.
Weintraub está sendo investigado no inquérito das kake news
 conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, e também é investigado por declarações racistas em relação aos chineses. Foi dele a fala na reunião ministerial do dia 22 de abril de que “eu, por mim, botava esses vagabundos na cadeia. Começando pelo STF”, que tornou-se pública com a divulgação do vídeo pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Com Agência O Globo

Postagem Anterior Próxima Postagem