Wuhan volta a registrar um novo caso de coronavirus



Após mais de um mês, a China registrou um novo caso de coronavírus em Wuhan, cidade que já foi o epicentro da infecção. Considerada uma zona de "risco pequeno" desde o fim da quarentena, em 8 de abril, Wuhan teve esse nível elevado para "médio" pela Comissão Nacional de Saúde.

Ao todo, foram treze novos contágios no território chinês – número mais alto desde 1º de maio. Ainda na Ásia, a Índia decidiu por retomar progressivamente o transporte por trem a partir de terça.

O serviço está parado desde o fim de março. Epidemiologistas locais, porém, alertam para o fato de a epidemia ainda estar longe de ser contida e estimam o pico entre junho e julho.
Fora de controle
Um estudo divulgado pelo Imperial College, de Londres, mostra que a Covid-19 está descontrolada em 16 estados do país: Amazonas, Pará, Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Espírito Santo, Maranhão, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Bahia, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais. Por causa disso, os pesquisadores recomendam que o país tome ações mais duras para evitar a propagação da doença.

O estudo afirma ainda que o fechamento de escolas e diminuição da mobilidade da população ajudou a diminuir o número de reprodução do vírus, mas não foi o suficiente para impedir a subida da curva. A previsão para os próximos dias é preocupante. Fonte: Veja

Postagem Anterior Próxima Postagem