Teich não avisa ninguém e pede demissão do cargo


As divergências entre o presidente  Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Nelson Teich, acabaram resultando no pedido de demissão do oncologista. Teich é o segundo especialista da área a cair do cargo por não topar o jogo do presidente.
A live de Bolsonaro nesta quinta-feira 14, marcada por ataques gratuitos, na avaliação do ministro, ao trabalho dele na Saúde e pela imposição de ideias de forma grosseira foi o fator que pesou na saída.
Teich tomou a decisão de sair sem conversar com nenhum dos auxiliares que vinham tentando auxiliá-lo na crise, nos últimos dias.
Segundo informação, Teich não avisou ninguém. Surpreeendeu a todos. Já tinha se decidido desde ontem, depois da live do presidente. “A live acelerou o processo”.

Postagem Anterior Próxima Postagem