PF investigará possível vazamento de informações para Flavio Bolsonaro

Nenhum comentário

A Polícia Federal informou na noite deste domingo 7, que abriu investigação para apurar se houve vazamento de informações sigilosas da Operação Furna da Onça ao senador Flavio Bolsonaro (Republicanos-RJ).
Em entrevista à Folha de S. Paulo, o empresário Paulo Marinho, suplente de Flavio no Senado, disse que a PF contou para o senador que a operação ia ser deflagrada em 2018. A ação é um desmembramento da lava jato que investiga desvio de dinheiro e um suposto esquema de rachadinha na Alerj (Assembléia Legislativa do Rio) e atingiu Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flavio.
De acordo com Marinho, Flavio Bolsonaro lhe contou sobre a antecipação das informações da PF na operação que atingiu Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flavio na Alerj, em dezembro de 2018 –depois que Bolsonaro já tinha sido eleito com 55,2% dos votos. Na ocasião, Flavio queria que o empresário lhe indicasse um bom advogado criminal e estava “absolutamente transtornado”. 

OUTRO LADO

Flavio negou as acusações feitas por Marinho. Ele disse que o empresário quer sua vaga no Senado.
O filho mais velho do presidente disse que Marinho foi tomado pela ambição e trocou a família Bolsonaro pelos governadores João Doria (PSDB) e Wilson Witzel (PSC). [Marinho] preferiu virar as costas a quem lhe estendeu a mão”, escreveu Flavio. Fonte: Poder 360


Nenhum comentário

Postar um comentário