Morre Abrahim Farhat, o Lhé, fundador do PT no Acre

Nenhum comentário

Morreu neste sábado (16), em Rio Branco, Abrahim Farhat, o Lhé, 78 anos,um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores no Acre, vítima de complicação renal.
A informação foi dada nas primeiras da manhã por um dos filhos de Lhé, nas redes sociais. A repercussão da morte do ativista político foi grande.
Filho de sírio libanês, ele sempre teve muita proximidade com a Igreja Católica e um dos defensores da Teologia da libertação sem contar que usava recursos da família para fundar e fortalecer sindicatos, entre os quais, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Xapurí, que foi presidido pelo ambientalista Chico Mendes.
O PT emitiu nota de pesar
“È com profunda tristeza que o Partido dos Trabalhadores (PT) se despede do nosso honroso e amado companheiro Abrahim Frahat, 7 8 anos,  nosso querido e saudoso Lhé. Um dos fundadores do PT no Acre.
Lhé foi um grande defensor dos direitos humanos e da luta dos povo da floresta. Um eterno amante do povo palestino. Abrahim Farhat ajudou a organizar quase todos os movimentos sociais e sindicatos do Estado .
Um homem cuja a vida esteve a disposição dos mais pobres. Lhé era uma figura belíssima, como ele mesmo gostava de dizer das coisas que lhe agradavam. Semeou amor, esperança e resistência.
Ao PT do Acre deixa um legado de luta por igualdade social. Parte hoje para junto das estrelas, de onde continuará nos iluminando com suas brilhantes idéias  e planos de mudar o mundo”.
Direção Estadual do PT/Acre



Nenhum comentário

Postar um comentário