Celso de Mello libera vídeo de reunião para Moro, PGR e Polícia Federal




O ministro Celso de Mello, do Suprmo tribunal Federal,
 liberou o vídeo da reunião ministerial citada por Sérgio Moro em seu depoimento, para a defesa do ex-juiz, para o procurador-geral da República, Augusto Aras, e para a delegada Christiane Corrêa, responsável pela investigação na Polícia Federal sobre possível interferência do presidente Jair Bolsonaro na instituição.
O advogado-geral da União, José Levi, também terá acesso integral ao material.
Celso de Mello escreveu em sua decisão que o acesso tem como objetivo permitir que sejam formuladas perguntas para interrogatórios de ministros citados pelo ex-juiz.
O ministro do Supremo manteve o sigilo do vídeo, mas informou que decidirá “brevissamente” sobre a divulgação total ou parcial do material.
O conteúdo será entregue à delegada Christiane Corrêa, que ficará responsável por administrar a exibição do vídeo. Os citados poderão ver o material em “ato único” na Polícia Federal em Brasília.


Postagem Anterior Próxima Postagem