Bolsonaro deve nomear novo diretor da PF nesta segunda-feira



O presidente Jair Bolsonaro disse, neste domingo 3, que irá nomear um novo diretor para a Polícia Federal nesta segunda-feira 4. O cargo tem gerado grande polêmica nas últimas semanas, desde a exoneração do então diretor-geral Maurício Valeixo, no último dia 24, que causou o pedido de demissão do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, que saiu acusando o presidente de interferência política na PF e se tornou o novo inimigo de bolsonaristas.

Por enquanto, os cotados para a direção-geral da PF são o delegado Paulo Gustavo Maiurino, secretário de Segurança do STF, cedido o tribunal deste outubro de 2029, e o delegado Alexandre Saraiva, atual superintendente da PF no Amazonas.

O anúncio do presidente foi feito no Palácio do Planalto, logo após cumprimentar pessoas em manifestação contra o STF e o Congresso Nacional. Bolsonaro disse na ocasião que tem o apoio das Forças Armadas e, que chegou ao limite.
 "Peço a Deus que não tenhamos problema essa semana, porque chegamos no limite. Não tem mais conversa, ok? Faremos cumprir a Constituição. Ela será cumprida a qualquer preço, e ela tem dupla mão. Não é a mão de um lado só não", afirmou. O ato reuniu milhares de pessoas na Esplanada dos Ministérios.

Postagem Anterior Próxima Postagem