Vanda Milani votou a favor de medidas que garantem salvar vidas e dar mais proteção aos servidores da saúde

Nenhum comentário


A deputada federal Vanda Milani (SD-AC) participou da sessão deliberativa da Câmara dos Deputados que aprovou ontem (31) proposta que proíbe a exportação de respiradores, equipamentos de proteção individual e monitores multiparâmetro durante a pandemia causada pelo coronavírus.

A sessão foi realizada pelo sistema de plenário virtual. A deputada participou dos debates e da votação em sua residência, em Rio Branco. Vanda Milani vem defendendo que a população siga os protocolos orientados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e um compromisso político pela vida.

“A não exportação desses equipamentos como como luva látex, luva nitrílica, avental impermeável, óculos de proteção, gorro, máscaras cirúrgicas e protetor facial vai permitir acesso e mais proteção aos profissionais da saúde que estão em todo o país na linha de frente dessa guerra contra o coronavírus” disse a deputada.

Ela também destacou a importância de se garantir camas hospitalares e equipamentos usados em casos graves da doença (ventiladores pulmonares e monitores multiparâmetro).

Mais cedo, Vanda Milani participou de uma videoconferência com o governador Gladson Cameli sobre a liberação de emendas para o enfrentamento da pandemia na capital e as cidades do interior do Acre. A bancada federal já destinou nas últimas semanas, mais de R$ 73 milhões para a saúde do Acre. 

“Nesse momento todo o esforço coletivo é pouco para ajudar a quem mais precisa, seja nas ações de saúde pública, seja nas estratégias de ação social e medidas econômicas”, concluiu a deputada.


Nenhum comentário

Postar um comentário