Pandemia atinge em cheio a Petrobras

Nenhum comentário


A queda da demanda de petróleo causada pela pandemia do novo coronavírus, que levou a uma redução histórica do preço do combustível nos EUA, atingiu em cheio a Pettrobras.

Para tentar preservar os empregos e a sustentabilidade da empresa, a estatal já anunciou, desde o início de abril, uma série de medidas, como corte na produção diária de barris, suspensão de treinamentos e redução da jornada de trabalho de 21.000 empregados.

O objetivo é cortar 2 bilhões de dólares em gastos em 2020. Mesmo assim, a crise deve afetar – e muito – a empresa e o cenário nebuloso deve pairar sobre a indústria do petróleo por algum tempo. Fonte: Veja

 


Nenhum comentário

Postar um comentário