Mandetta continua na Saúde

 (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou no início da noite desta segunda-feira 6, que continua no cargo, depois de idas e vindas, reuniões no Palácio do Planalto e muitas especulações  sobre a sua permanecia no cargo.

 "Médico não abandona paciente", justificou, após participar de reunião com o presidente Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão e demais ministros.

Mandetta, porém, deixou claro que enfrenta dificuldade para combater o avanço do 
novo coronavírus — e que elas não estão limitadas às divergências com o presidente da República, Jair Bolsonaro.

"Nós vamos continuar, porque o nosso inimigo tem nome e sobrenome: é o Covid-19. Agora, as condições dos médicos têm de melhorar”, disse.

O ministro se mostrou muito incomodado com declarações e movimentos para questionar as ações de sua equipe. "Não temos nenhum receio da crítica construtiva. O que nós temos é muita dificuldade (é quando) as críticas não vêm no sentido de construir, mas no sentido de trazer dificuldade”, desabafou.  Fonte: Correio Braziliense
Postagem Anterior Próxima Postagem