Coronavírus: MPAC participa de primeira sessão virtual da câmara criminal do TJAC

Nenhum comentário

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) participou, nesta quinta-feira (02), da primeira sessão por videoconferência da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) para julgamento de processos. 
A 7ª Sessão Ordinária da Câmara Criminal teve a participação da procuradora de Justiça do MPAC Patrícia de Amorim Rêgo, dos desembargadores do TJAC Elcio Mendes – presidente -, Samoel Evangelista e Pedro Ranzi, além de advogados e defensores públicos.
A videoconferência foi realizada utilizando o sistema Zoom, que possibilitou que todos participassem de suas casas ou gabinetes, permitindo o isolamento social necessário como medida de prevenção ao coronavírus, diante da atual realidade da pandemia do covid-19.
Na ocasião, 192 processos foram pautados, dos quais 180 foram julgados e 12 retirados, com 11 sustentações orais realizadas.
A procuradora de Justiça Patrícia Rêgo destacou que o MPAC e as outras instituições do Sistema de Justiça estão fazendo a sua parte para que a prestação jurisdicional seja garantida a todos os cidadãos do Acre, apesar das adversidades.
“O dia de hoje inaugura um novo momento na Justiça de 2º grau e, como o mundo não será mais o mesmo que estamos acostumados a vivenciar, estamos começando a caminhar de um novo jeito. Por isso, realizamos uma sessão nos mesmos moldes da presencial, ainda que virtualmente, para garantir o direito das partes e fazer justiça, que é a nossa missão”, disse.
“O TJ do Acre, através da Câmara Criminal, na pessoa do presidente Elcio Mendes e dos desembargadores Samoel Evangelista e Pedro Ranzi, estão de parabéns pela iniciativa”, acrescentou a procuradora de Justiça.
Agência de Notícias do MPAC

Nenhum comentário

Postar um comentário