Após troca de comando na PF, Moro pede demissão; Bolsonaro tenta reverter a situação


(
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de trocar a direção da Polícia Federal, ocupada atualmente por Maurício Valeixo, levou o ministro da Justiça, Sergio Moro, a pedir demissão do cargo. Segundo o Uol, Bolsonaro informou o ministro que a mudança deve ocorrer nos próximos dias. Moro então pediu demissão do cargo, e Bolsonaro tentar reverter a decisão.
Valeiro foi escolhido por Moro para o cargo. O atual diretor-geral é homem de confiança do ex-juiz da Lava Jato. Desde o ano passado, Bolsonaro tem ameaçado trocar o comando da PF. O presidente quer ter controle sobre a atuação da polícia. Moro resolveu abandonar a carreira de juiz federal, que lhe deu fama pela condução da Lava Jato, para virar ministro. Ele disse ter aceitado o convite de Bolsonaro, entre outras coisas, por estar "cansado de tomar bola nas costas".
Com isso, Moro vê cada vez mais distante a promessa de uma vaga no Supremo Tribunal Federal. Esse caminho já estava enfraquecido especialmente depois da divulgação de mensagens privadas que trocou com procuradores da Lava Jato.

Postagem Anterior Próxima Postagem