Presidente paraguaio anuncia fechamento parcial das fronteiras a partir desta segunda-feira



O presidente Mario Abdo Benítez anunciou o fechamento parcial das fronteiras após uma reunião que realizou com sua equipe no Ministério da Defesa neste sábado. A medida é dada para combater o coronavírus no Paraguai.

"Vamos ter que ser mais rígidos, vamos preparar um plano para reduzir a saída e entrada em nossas fronteiras", disse ele à imprensa local neste sábado e pediu a todos os cidadãos que fiquem em casa.

Além disso, indicou que nos próximos dias realizará uma reunião virtual com todos os presidentes da região, para que a medida também seja adotada por eles.

"Vamos trabalhar com as migrações e, na segunda-feira, apresentaremos uma proposta para ter menos entrada e saída", disse ele. Além disso, ele alertou que se as medidas necessárias não forem tomadas "será mais caro". Em outro momento, ele pediu aos políticos que não tirassem proveito da situação que o país está passando e descreveu aqueles que fazem campanha política como oportunistas.

 O Paraguai confirmou até o momento sete casos de Covid-19, dos quais dois estão em estado grave, em terapia intensiva. Enquanto estão em acompanhamento, 102 e 30 já foram descartados.

"Fiquem em suas casas, cercados pela família e orando. O poder da oração é o que salvará nossa nação", concluiu o chefe de estado.

Há cinco dias, foi tomada a decisão de suspender por 15 dias as atividades educacionais, eventos públicos ou privados de grande participação, atividades religiosas, esportivas, políticas e as que ocorrem em locais fechados, como cinemas, teatros e convenções.


Postagem Anterior Próxima Postagem