Reforma administrativa deve ser enviada ao Congresso depois do Carnaval

Nenhum comentário

O presidente Jair Bolsonaro assinou na última sexta-feira 21, a proposta de reforma administrativa a ser enviada pelo governo ao Congresso.
Segundo Bolsonaro, a proposta estava “madura”. Já o ministro Paulo Guedes (Economia) falou no mesmo dia que o presidente ainda estava fazendo os “últimos ajustes” no texto.
A proposta de emenda à Constituição pretende mudar as regras para a contratação e promoção de novos servidores públicos, sem afetar os que já estão na máquina pública.
A proposta de reforma administrativa, de acordo com o ministro Paulo Guedes, está pronta desde o final de novembro do ano passado. O texto foi apresentado a Bolsonaro nesta semana.
Ficou decidido que mesmo servidores com carreiras típicas de Estados estarão livres para se filiarem a partidos políticos. A equipe econômica havia desenhado o projeto vetando esse tipo de associação, mas o presidente disse ser contra e o óbice foi retirado do texto.


Nenhum comentário

Postar um comentário