Polícia do Rio identifica suspeito de atacar sede do Porta dos Fundos


A Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou uma operação nesta 3ª feira 31, em busca de Eduardo Fauzi Richard Cerquise, identificado como um dos suspeitos do ataque à sede da produtora do Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro, no dia 24 de dezembro.
Cerquise, agora considerado foragido, é presidente da Associação dos Guardadores de Carro São Miguel, e ficou conhecido em 2013 depois de agredir o então secretário de Ordem Pública, Alex Costa.
À época, ele foi preso. Cerquise possui ainda outras 20 queixas criminais por ameaça e agressão.
Os policiais fizeram buscas em endereços comerciais e em outros 2 residenciais. Na casa do suspeito, na Barra da Tijuca, foram apreendidos R$ 119.000, munição, uma arma falsa, computador e uma “camisa de entidade filosófica e política“.
De acordo com a polícia, que utilizou mais de 50 câmeras do bairro para identificar os suspeitos, Cerquise foi reconhecido depois de retirar o capuz momentos depois do ataque.


Postagem Anterior Próxima Postagem