Goleiro Bruno é liberado pela Justiça para morar e jogar no Mato Grosso

Nenhum comentário

(Foto: Alex de Jesus)
O goleiro Bruno, de 35 anos, foi liberado pelo Ministério Público de Minas Gerais nesta segunda-feira para se mudar e, consequentemente, aceitar a proposta do Clube Esportivo Operário Várzea-grandense, time da região metropolitana de Cuiabá. A informação foi passada inicialmente pelo 'G1'.
A decisão da transferência foi emitida pelo juiz Tarciso Moreira de Souza, da Vara de Execução em Meio Aberto e Medidas Alternativas da Comarca de Varginha (MG). O Atleta foi condenado a mais de 20 anos de prisão por participação na morte de Eliza Samudio, mãe de seu filho,em 2010, e cumpre pena em regime semiaberto em Minas Gerais.
A transferência de Bruno gerou repercussão negativa nas redes sociais e do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso (CEDM/MT) que afirmou que Bruno tem o direito de recomeçar a vida, mas não em uma posição de ídolo. A jornalista Jéssica Senra, do 'Bahia Meio Dia', programa da TV Bahia, afiliada da Globo, teve a mesma posição do CEDM ao criticar uma possível transferência do goleiro para o Fluminense de Feira.
Por Lance

Nenhum comentário

Postar um comentário