Bolsonaro propõe novo reajuste ao salário mínimo de 2020

Nenhum comentário

Presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira 14, que há espaço para reajustar o salário mínimo de forma a recompor a inflação do ano passado.
O presidente, que irá se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, na tarde de hoje, defendeu que o reajuste leve em conta a variação dos preços no ano passado, apesar do impacto nas contas públicas.
No último dia de 2019, o presidente assinou medida provisória estabelecendo o salário mínimo em 1.039,00 reais para 2020, um reajuste de 4,1%. No entanto, a inflação do ano passado medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) foi de 4,48%, segundo divulgado pelo IBGE no início de janeiro.
O governo estima que para cada aumento de 1 real no salário mínimo as despesas com benefícios da Previdência, abono e seguro desemprego e benefícios de prestação continuada da Lei Orgânica de Assistência Social e da Renda Mensal Vitalícia se elevam em 2020 em aproximadamente 355,5 milhões de reais.
Portaria do Ministério da Economia publicada no Diário Oficial nesta terça-feira já estabeleceu aumento de 4,48% nos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
(Reportagem de Maria Carolina Marcello)


Nenhum comentário

Postar um comentário