Ataque dos EUA em Bagdá mata poderoso general do Irã

Nenhum comentário

Riscos de possível alta de combustível no Brasil

O general Qassim Soleimani foi morto nesta 6ª feira 3, em 1 ataque com drones no aeroporto de Bagdá, capital do Iraque. Era o mais alto comandante do setor de inteligência e das forças de segurança do Irã. O bombardeio foi ordenado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.
O comandante era líder da poderosa Força Quds do Exército de Guardiães da Revolução Islâmica. Assim como vários membros de milícias iraquianas apoiadas por Teerã, foi morto quando um drone americano MQ-9 Reaper disparou mísseis contra 1 comboio que deixava o aeroporto.
Riscos de possíveis alta de combustível no Brasil
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (3) que tentou falar com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre riscos de uma possível alta de combustíveis no país devido ao ataque dos Estados Unidos que matou o general Qassim Suleimani, comandante da força de elite iraniana Quds, mas não conseguiu.
Na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro admitiu que a ação dos EUA vai impactar o preço do petróleo no mercado internacional, o que pode repercutir no Brasil.
"Que vai afetar, vai. Agora vamos ver o nosso limite aqui", disse ele a jornalistas.

 



Nenhum comentário

Postar um comentário