Leilão de linhas de transmissão termina com todos os 12 lotes arrematados

Nenhum comentário

O leilão para a construção e operação de 2.470 km de novas linhas de transmissão de energia elétrica terminou com todos os 12 lotes arrematados. A expectativa da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) é que os investimentos nos empreendimentos somem R$ 4,18 bilhões nos próximos anos.
A disputa foi marcada pela apresentação de muitas ofertas por lote. Os lotes 2 e 8, por exemplo, receberam 12 lances. O leilão terminou com deságio médio recorde de 60,3%. Ou seja, a RAP (Receita Anual Permitida) –valor que as transmissoras recebem pela prestação do serviço aos usuários– ficou abaixo do teto estabelecido pelo governo.
A participação da elétrica Cteep (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista) foi 1 dos grandes destaques do certame. A empresa controlada pela colombiana ISA arrematou 3 empreendimentos. Também chamou atenção a participação de empresas de construção e engenharia.
Os empreendimentos estão localizados em 12 Estados –Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.
O governo estima que eles criarão 8.782 empregos diretos. As instalações de transmissão deverão entrar em operação comercial no prazo de 48 a 60 meses a partir da assinatura dos respectivos contratos de concessão.



Nenhum comentário

Postar um comentário