Fernández toma posse como presidente da Argentina nesta 3ª feira

Nenhum comentário

Alberto Fernández, 60 anos, assumiu nesta 3ª feira 10, o cargo de presidente da Argentina. O peronista foi eleito em 27 de outubro no 1º turno, com mais de 48% dos votos, derrotando o então presidente Mauricio Macri.
A cerimônia foi realizada às 10 h no horário local de Buenos Aires.
Fernández tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner (2007-2015) e defende bandeiras associadas ao espectro ideológico de esquerda. Crítico do liberalismo econômico de Macri, que levou a uma crise cambial na Argentina, Fernández afirmou que é preciso mais diálogo com a sociedade para definir metas.
“Espero que os nossos opositores nestas 4 anos estejam conscientes de onde nos deixaram e nos ajudem a reconstruir o país a partir das cinzas que deixaram”, afirmou Fernández ao ser eleito.
O novo presidente assume o país em 1 cenário de forte recessão, com alta nos juros, pobreza escalando, peso despencando e dívida bilionária.

O vice-presidente Hamilton Mourão representou o governo brasileiro  na posse de Alberto Fernandez. Em princípio, Bolsonaro havia decidido enviar o ministro da Cidadania, Osmar Terra. Ainda ontem, a viagem de Terra foi cancelada e foi decidido que apenas o embaixador Sérgio Danasse representaria o Brasil na cerimônia.


As idas e vindas sobre quem representaria o Brasil na posse do argentino tem como pano de fundo a antipatia de Bolsonaro com o presidente Fernández.


Nenhum comentário

Postar um comentário