Bolsonaro sanciona lei que cria Médicos pelo Brasil, mas veta trecho que autorizava universidades privadas a aplicarem o Revalida


O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira 18,  a lei que cria o programa Médicos pelo Brasil, substituto do Mais Médicos. O programa prevê a contratação de 18 mil pessoas, sendo a maioria nas regiões Norte e Nordeste. Bolsonaro vetou um trecho que autorizava universidades privadas a aplicarem o Revalida, prova que permite que médicos formados no exterior possam exercer a profissão no país.
"Já deixei bem claro: o patrão são vocês. Vocês são os meus patrões, e não o contrário. Então, para atender a classe médica, para o bom desempenho do serviço de vocês, sou uma prova viva que vocês trabalham muito bem, nós estamos aqui sancionando essa lei histórica, e bem como vetando uma coisa que é normal. Espero que o Congresso mantenha os vetos quando for analisar oportunamente" - disse Bolsonaro, em uma cerimônia fechada que contou com representantes de entidades médicas.
De acordo com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a previsão é que o primeiro edital do programa seja publicado em fevereiro e que os profissionais comecem a trabalhar em abril. O Mais Médicos continua existindo paralelamente ao Médicos pelo Brasil, mas será esvaziado aos poucos, em um processo que Mandetta estimou que possa levar até dois anos e meio.
"Médicos brasileiros e estrangeiros, formados no exterior, são bem-vindos, mas eles têm que mostrar conhecimento suficiente para atender a população brasileira", afirmou o presidente do Conselho Federal de Medicina, Mauro ribeiro.
Durante a Conferência Nacional da Frente Parlamentar Evangélica realizada nesta quarta-feira, em Brasília,  o presidente Bolsonaro foi interpelado  pelo deputado Alan Rick (DEM-AC), ao informar aos presentes sobre o veto ao trecho que autorizava universidades privadas a aplicarem o Revalida. 

“Vamos derrubar o veto para o  bem de centenas de estudantes brasileiros que cursam Medicina no exterior” – prometeu  Alan.
Veja o vídeo:



Postagem Anterior Próxima Postagem