"Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre", diz Bolsonaro no Twitter

Nenhum comentário


O presidente da República, Jair Bolsonaro, se manifestou pela primeira vez, neste sábado 9, sobre a saída do ex-presidente Lula da prisão após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Em uma breve mensagem no Twitter, Bolsonaro diz: "Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa".

Sem citar diretamente Luiz Inácio Lula da Silva, Bolsonaro também disse que há poucos meses foi iniciada uma "nova fase de recuperação do Brasil" e ressalta que este não é um processo rápido.

Ao discursar nesta sexta-feira 8, em solenidade de entrega de ônibus, em Goiás, Bolsonaro não comentou a saída do ex-presidente da prisão.

Nenhum comentário

Postar um comentário